Karim Sahib/AFP
Karim Sahib/AFP

Rosberg comemora fim de ano perfeito com três vitórias consecutivas

O inglês Lewis Hamilton promete voltar ainda mais forte em 2016

Estadão Conteúdo

29 de novembro de 2015 | 17h09

Após vencer de ponta a ponta em Abu Dabi, a última corrida da temporada 2015 da Fórmula 1, neste domingo, o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, comemorou o desempenho que lhe garantiu seis poles e três vitórias consecutivas ao final deste ano.

"Esse é um final de temporada perfeito para mim. Algo que eu esperava demais, após passar por um duro ano. Terminar com seis poles e três vitórias seguidas é incrível. Estou muito feliz por ter encontrado um melhor desempenho ao final do ano", comentou Rosberg em entrevista coletiva.

Empolgado com o final do ano, o vice-campeão mundial (atrás de seu companheiro de equipe Lewis Hamilton) não vê a hora de voltar a correr. "Tenho de agradecer muito por essa maravilhosa ''flecha prateada'' - todos nas fábricas e na pista fizeram um ótimo trabalho o ano todo. Eu adoraria começar a temporada de 2016 amanhã, é uma pena que não seja possível", acrescentou. "Agora teremos umas férias mais que merecidas com nossas famílias."

HAMILTON

Após conquistar o merecido tricampeonato mundial de maneira antecipada, Lewis Hamilton deixou cair o desempenho nas últimas corridas e viu seu companheiro de Mercedes brilhar seguidamente. Para o ano que vem, entretanto, o britânico promete retornar ainda melhor.

"Hoje tive uma corrida difícil. Não terminei a temporada tão forte quanto comecei, mas este ano foi incrível. A Mercedes fez um trabalho marcante, então tenho muito a agradecer ao pessoal das fábricas. Eu não estaria aqui como campeão mundial se não fosse por eles. Agora vou tirar férias focado em voltar mais forte, em melhor forma e muito bem com nosso novo carro para 2016", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.