Valerio Pennicino/Laureus
Valerio Pennicino/Laureus

Rosberg vê Leclerc com chance de título no futuro e faz alerta para Vettel

Campeão mundial em 2016, com a Mercedes, alemão acredita que a temporada deste ano pode apresentar surpresas

Daniel Batista, enviado especial a Mônaco, O Estado de S.Paulo

17 de fevereiro de 2019 | 07h01

Campeão de quatro das últimas cinco temporadas da Fórmula 1, Lewis Hamilton não deve ter vida fácil neste ano. Pelo menos, é o que aposta o alemão Nico Rosberg, único a faturar um título neste período de hegemonia do britânico. O ex-piloto de Fórmula 1 e embaixador do Laureus World Sports acredita que seu compatriota, Sebastian Vettel, pode voltar a dominar o campeonato, mas precisa se concentrar mais. Além disso, aposta que o jovem Charles Leclerc pode sagrar-se campeão mundial em breve.

“Leclerc na Ferrari realmente me animam. Ele é rápido, muito rápido e têm tudo para ser campeão do mundo um dia. Sebastian (Vettel) não pode se dar ao luxo de ter outra temporada como no ano passado ou ele será superado por seu companheiro de equipe. Ele realmente precisa se apresentar melhor e isso será muito divertido”, apostou o alemão, em entrevista ao Laureus.

Hamilton está indicado ao prêmio Laureus de melhor atleta masculino do ano e a Mercedes concorre ao de melhor equipe (a premiação acontece nesta segunda-feira, em Mônaco). Rosberg acredita que ambos irão faturar a premiação, após se superarem na temporada. “Sebastian e Ferrari estavam muito fortes na temporada passada e tinham o campeonato na mão, mas Lewis, sozinho, com sua habilidade, dominou tudo e trouxe o campeonato para ele. Foi um trabalho fenomenal e a Mercedes sempre joga bem. É tão dominante, que ambos merecem vencer o prêmio”, comentou o ex-piloto de 33 anos, que surpreendeu o mundo da Fórmula 1, em 2016, quando anunciou, dias depois do título, que estava deixando a categoria.

O alemão também comentou sobre o que esperar do finlandês Valtteri Botas, da Mercedes. “Ele é melhor do que se mostrou na temporada passada. Creio que ele possa desafiar Lewis de vez em quando. Ele teve muito azar no começo da temporada, então creio que se isso mudar, ele pode fazer coisas diferentes”, apostou. A euforia qe Nico mostra ao comentar o futuro de Leclerc, aparece também quando o assunto é o polonês Robert Kubica. “Eu estava envolvido em ajudá-lo. Ele é um dos maiores talentos que o esporte já viu. Ele voltar após o acidente é algo incrível e ele merece ter sucesso”.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.