Rosberg não crê em vantagens para Schumacher

O alemão Nico Rosberg afirmou nesta segunda-feira, durante a apresentação oficial do novo carro da Mercedes, que não teme ser deixando em segundo plano na equipe. Em 2010, ele terá como companheiro de equipe o compatriota Michael Schumacher, sete vezes campeão na Fórmula 1.

AE, Agencia Estado

25 de janeiro de 2010 | 15h08

"Para ser muito honesto, recentemente tive uma série de discussões com Norbert [Haug] e Ross [Brawn] e eu estou muito, muito confiante e confortável de que teremos mesmas oportunidades, mesmo carro, tudo", afirmou o ex-piloto da Williams.

Apesar de prometer lutar para vencer Schumacher, Rosberg comemorou a oportunidade de correr ao lado do compatriota e aprender no convívio com o piloto de 41 anos. "Tenho certeza que vamos trabalhar bem juntos. Definitivamente, ele tem muita experiência, por isso há algumas coisas que eu vou pegar com ele", disse.

Na Fórmula 1 desde 2006, Rosberg só correu pela Williams. O alemão acredita que correr na Mercedes poderá ajudá-lo a evoluir na categoria. "Este é um passo muito importante na minha carreira e espero que nós tenhamos um carro vencedor", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
fórmula 1MercedesNico Rosberg

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.