Jens Buettner/EFE
Jens Buettner/EFE

Ross Brawn agradece a Barrichello e o deseja sorte na Williams

Chefe da equipe diz que brasileiro foi um dos grandes responsáveis pelo título do Mundial de Construtores

AE, Agencia Estado

02 de novembro de 2009 | 15h15

ABU DABI - O inglês Ross Brawn, patrão de Rubens Barrichello na Brawn GP, agradeceu ao brasileiro pelos serviços prestados à equipe em 2009. Nesta segunda-feira, foi confirmada a notícia de que o piloto defenderá a Williams em 2010.

Veja também:

linkBarrichello e Hulkenberg confirmados na Williams

especialESPECIAL - Jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

"Estamos felizes porque Rubens continuará na Fórmula 1 no próximo ano. Rubens esteve em nossa equipe por quatro anos [somadas as temporadas na Honda], e nos o consideramos um piloto altamente experiente e talentoso. Ele contribuiu de forma significativa para nosso time", disse o dirigente.

"Desejamos o melhor a Rubens em sua nova equipe, e gostaríamos de agradecê-lo por sua contribuição à Brawn GP nesta temporada. Ele foi um dos grandes responsáveis pelo título do Mundial de Construtores, com duas grandes vitórias em Valência e Monza", afirmou o inglês, que já havia trabalhado com o brasileiro na Ferrari.

Na Williams, Barrichello terá pela frente outro grande desafio na carreira. A equipe inglesa não vence uma prova desde o GP do Brasil de 2004, e passará por uma fase de reformulação. Além de Barrichello, a escuderia terá o novato Nico Hulkenberg e trocará os motores Toyota pelos Cosworth.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.