Rossi revela que negocia novos testes com a Ferrari

Octacampeão mundial de motovelocidade deixa claro que não pretende lutar por vaga para correr na Fórmula 1

Agencia Estado

24 de outubro de 2008 | 19h39

O italiano Valentino Rossi, octacampeão mundial de motovelocidade, revelou nesta sexta-feira que deve fazer novos testes com a Ferrari na Fórmula 1. Segundo o vencedor da temporada da MotoGP, a definição sobre o local e data dos testes deve acontecer ainda neste ano."Estamos trabalhando para isso, é algo que pode acontecer. No entanto, ainda não sabemos direito quando será, nem onde. Só saberemos após o fim do campeonato da Fórmula 1, no dia 2 de novembro", explicou Rossi, que testou os carros da escuderia regularmente em 2004 e 2005 e chegou a ser cotado para uma vaga na categoria.O italiano deixou claro, no entanto, que não tem ambições profissionais na Fórmula 1. "É apenas para me divertir. Estou feliz por me deixarem testar de novo, porque estava com saudade. Mas não há nenhum interesse mais sério, porque tenho contrato de dois anos com a Yamaha. Será apenas por paixão", afirmou.Rossi também deu palpite sobre a decisão do Mundial, que acontece em Interlagos. "Bem, eu sou torcedor da Ferrari, então espero que Massa vença. Mas, sinceramente, acho que Hamilton deve vencer, porque ele tem uma vantagem de sete pontos. Então é o favorito."

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1FerrariValentino Rossi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.