Rubinho e Massa brincam com a rivalidade no kart

Os dois pilotos brasileiros na Fórmula 1 já estão treinando. Mas ainda não é para a temporada de 2007, o que só irão fazer a partir do dia 28 de novembro, em Barcelona. No momento, Felipe Massa, da Ferrari, e Rubens Barrichello, da Honda, só estão pensando na disputa da 10.ª edição da mais tradicional prova de kart do Brasil, as 500 Milhas da Granja Viana, que acontece nos dias 2 e 3 de dezembro, em São Paulo. ?O favorito aqui no kart é o Rubinho?, afirmou Massa, ao lembrar que o piloto brasileiro da Honda já venceu seis vezes as 500 Milhas. ?Ele é pequeno, mas aprendeu bem", respondeu Barrichello, rindo do amigo da Ferrari.Com agenda lotada por causa da Fórmula 1, os dois pilotos irão treinar pouco para prova da Granja Viana. ?É provável que este seja meu único treino?, contou Massa, nesta segunda-feira. ?No meu caso é ainda pior, porque volto para o Brasil um dia antes da largada?, revelou Rubinho.Os dois brasileiros estão escalados para os testes da Fórmula 1 em Barcelona, a partir do dia 28. E também vão para os treinos em Jerez de la Frontera, também na Espanha, dos dias 6 a 8 e 13 a 15 de dezembro. ?Vim aqui para me divertir, rever os amigos. O kart começou como uma brincadeira e depois virou coisa séria?, afirmou Massa, sem perder o espírito vencedor ?Mas ganhar em Interlagos (no GP Brasil de Fórmula 1) e as 500 Milhas seria demais.? ?Sei que se eu não for primeiro, tem gente que vai me criticar, é assim mesmo?, admitiu Rubinho. ?Nesta temporada, acabei não ganhando na Fórmula 1. Então, minha motivação nas 500 Milhas é muito grande.?Futuro na FerrariDepois do treino no Kart, Massa comentou que ainda não se encontrou com Kimi Raikkonen, seu novo companheiro na Ferrari. ?Ainda não trocamos duas palavras, mesmo porque a terceira seria difícil?, disse o brasileiro, lembrando que o piloto finlandês é famoso por falar pouco.Massa também falou sobre as mudanças na equipe com a aposentadoria do alemão Michael Schumacher, que deixou a Ferrari nesta temporada. ?Vou jogar outro jogo. De igual para igual com o Kimi?, avisou o brasileiro. ?Com o Schumacher lá eu joguei o jogo da equipe, precisava crescer na Ferrari. Agora é diferente.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.