Mark Baker/AP
Mark Baker/AP

Rubinho elogia carro e mantém otimismo em Cingapura

Vice-líder do Mundial de Fórmula 1, brasileiro considera que conseguiu o ajuste correto do seu Brawn GP

AE, Agencia Estado

25 de setembro de 2009 | 13h51

CINGAPURA - O 11.º lugar no segundo treino livre para o GP de Cingapura não tirou o otimismo de Rubens Barrichello. O brasileiro, que liderou a primeira sessão desta sexta-feira, mostrou-se satisfeito com o desempenho da Brawn e disse ter boas chances para a corrida de domingo.

Veja também:

linkVettel lidera segundo treino, e Barrichello fica em 11.º 

linkBarrichello lidera primeiro treino livre em Cingapura

F-1 2009 - tabela Classificação | especialCalendário

especialESPECIAL - jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

"O carro está muito bom depois desses primeiros treinos, e estamos felizes com o trabalho que fizemos. A pista estava muito cheia de carros hoje, e o tráfego intenso atrapalhou um pouco nossos planos, especialmente no segundo treino, mas isso deve ter afetado a todos", disse o brasileiro, vice-líder do Mundial com 66 pontos, 14 atrás do líder Jenson Button.

Barrichello explicou que durante todo o dia o trabalho da Brawn foi direcionado para acertos visando à corrida. Por isso, a posição no meio do grid não incomodou o brasileiro.

"Nosso objetivo era conseguir um bom ritmo com o acerto de domingo e isso é o principal ponto, uma vez que precisamos de um carro bem equilibrado e rápido na corrida. Estou otimista e acho que conseguiremos o ajuste mais correto", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Brawn GPRubens Barrichello

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.