Rubinho joga golfe nas férias em SP

Curtindo as férias na Fórmula 1, Rubens Barrichello aproveitou sua passagem pelo Brasil para participar de um campeonato beneficente de golfe, na manhã desta sexta-feira, no São Paulo Golf Club, em Interlagos. No torneio, que arrecadou doações para a Obra Assistencial do Berço, o grupo do piloto da Ferrari, que incluía mais três jogadores, ficou em 20º lugar entre as 26 equipes participantes. "Não dá para me considerar um bom jogador, mas o golfe me dá paz e ajuda a trabalhar a concentração", comentou Rubinho, que pratica o esporte há um ano.Barrichello evitou criticar Schumacher e a Ferrari, mas não deixou de lamentar o terceiro lugar obtido no campeonato 2001 da Fórmula 1. "Foi meu segundo ano de aprendizado na escuderia. Mas o que você prefere, pilotar o segundo carro da Ferrari ou ser o primeiro da Stewart?", indagou. Rubinho ressaltou que a equipe lhe deu duas oportunidades para vencer uma prova e ser vice-campeão, mas ele não conseguiu superar David Coulthard (McLaren).Para o piloto brasileiro, o mais lamentável na temporada foi o fato dele não ter vencido nenhum Grande Prêmio. E também, a corrida em Interlagos, que ele abandonou. Para 2002, Rubinho disse não ter o que mudar em sua estratégia. "Não tenho bola de cristal para prometer alguma coisa na minha vida para o ano que vem."

Agencia Estado,

19 de outubro de 2001 | 18h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.