Rubinho promete deixar de ser "chorão"

Antes de entrar na pista para os primeiros treinos livres do GP da Austrália de Fórmula 1, na noite desta quinta-feira (horário de Brasília), Rubens Barrichello deu uma declaração surpreendente, que se levada a sério pode redimensionar sua temporada e até o futuro. "Tomei uma decisão. Não vou chorar mais. Ganhou, ganhou. Não ganhou, vou tentar na próxima", garantiu o piloto brasileiro. Rubinho, que sempre buscou justificativa para tudo, afirmou ser agora outro homem. "Já sou até pai", afirmou o piloto, que tem contrato até o final do ano com a Ferrari.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.