Rubinho quer falar menos e acelerar mais

O piloto brasileiro Rubens Barrichello, companheiro de Schumacher na Ferrari, admitiu nesta sexta-feira a possibilidade de a BAR ser mais rápida que a Ferrari neste sábado, como aconteceu em Ímola, nos treinos classificatórios para o grid de largada para o GP da Espanha. Ele ficou com o sexto tempo na segunda sessão dos treinos livres: "Nós perdemos na primeira volta do pneu, mas somos bem mais constantes nas seguintes. Na classificação é uma vantagem para eles."Largar na frente da BAR será quase decisivo para tentar ganhar a prova, deu a entender. Rubinho rebateu com energia as críticas da imprensa italiana, em especial, e da brasileira sobre seu fraco desempenho no GP de San Marino, dia 25. ?Não devo nada a ninguém. Às vezes nossos amigos italianos não têm o que escrever do Schumacher e ficam caindo para o meu lado para escrever baboseiras?.Para os jornalistas italianos, respondeu: "Me deixem em paz para eu fazer o meu trabalho." Falou ainda, um pouco em contradição: "Tenho de tratar de acelerar mais e falar menos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.