Rubinho vê evolução na Ferrari

Terceiro colocado no GP da Europa, disputado há duas semanas em Nurburgring, na Alemanha, o brasileiro Rubens Barrichello admitiu nesta quinta-feira que a Ferrari não tem o carro mais rápido, mas fez um alerta aos adversários. Garante que a equipe está cada vez mais perto disso. "Não temos o carro mais rápido, porém não estamos longe", comentou o brasileiro nesta quinta, no circuito Gilles Villeneuve em Montreal, onde no domingo será disputada oitava etapa do Mundial. Rubinho disse que ainda não tem condições de avaliar o atual estágio do carro, nem quis traçar paralelo com o desempenho no Canadá no ano passado - quando a Ferrari fez a dobradinha (Schumacher em 1º e Brarrichello em 2º). ?A pista mudou alguma coisa no asfalto e isso será um desafio para os fornecedores de pneus?, disse.O GP do Canadá será disputado no domingo às 14 horas (de Brasília). O treino de classificação, que vai definir o grid de largada, está marcado para o sábado ao meio-dia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.