Srdjan Suki/Efe
Srdjan Suki/Efe

Rússia pretende fazer corrida noturna de Fórmula 1 em 2015

Organizadores pensam em utilizar infraestrutura do Parque Olímpico de Sochi para montar sistema de iluminação no novo autódromo

O Estado de S. Paulo

09 de outubro de 2014 | 07h00

O GP da Rússia de Fórmula 1 pode ser o próximo da categoria a ter corridas noturnas. Depois da corrida inaugural no país, que será no próximo domingo, os organizadores já pretendem que na próxima edição a prova seja na parte da noite, assim como em outras etapas da temporada, como Bahrein, Cingapura e Abu Dabi.

O autódromo de Sochi está localizado no mesmo Parque Olímpico usado para os Jogos de Inverno deste ano e a infraestrutura elétrica já é considerada capaz de suprir iluminação suficiente para a pista. "Tudo pode ficar pronto já para o ano que vem. O sistema elétrico já foi testado e a instalação da luz tem tudo para ser tão rápida como foi no Bahrein", disse o consultor da corrida, Richard Cregan, em entrevista para o site inglês Autosport.

O dirigente, inclusive, foi contratado para trabalhar na organização do GP da Rússia depois de ter atuado na prova em Abu Dabi. Porém, Cregan admite que um dos problemas em se fazer a prova noturna é que na Rússia demora para anoitecer. "Precisamos ter atenção ao nosso pôr do sol. Em Sochi é diferente de locais como Cingapura, Abu Dabi ou Bahrein, onde está próximo da Linha do Equador e rapidamente a luz natural cai", explicou.


Outra ideia do GP da Rússia é transferir a data da prova para o mês de maio, quando o país tem um grande feriado e que poderia, assim, atrair mais público para a prova.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.