Russo de 17 anos vê 'sonho próximo' de guiar na Sauber

Candidato ao posto de titular da Sauber na temporada de 2014 da Fórmula 1, o russo Sergey Sirotkin, de apenas 17 anos, visitou a base da escuderia na Suíça nesta semana e começou a dar os primeiros passos para se tornar um piloto da equipe. A precoce chegada do jovem já como aspirante a um lugar de evidência no cockpit está diretamente ligada ao fato de que a Sauber fechou, em julho, um acordo com três companhias russas para aliviar a sua crise financeira.

AE, Agência Estado

21 de agosto de 2013 | 16h25

O acordo também prevê a promoção do GP da Rússia de 2014, quando o país deverá receber, em Sochi, pela primeira vez uma corrida da F1, assim como a parceria com estas empresas também visa impulsionar a carreira de Sirotkin, hoje competindo na categoria World Series pela Renault.

Empolgado com a chance de entrar na elite do automobilismo em breve, o jovem russo fará a sua estreia no cockpit do carro de F1 da Sauber no próximo mês, em um evento de demonstração que ocorrerá no novo circuito de Sochi. Na visita de dois dias que fez à base da equipe na Suíça, ele se encontrou com engenheiros do time, recebeu informações sobre o funcionamento do carro da equipe, assim como tirou o molde do banco do carro que pilotará no próximo dia 27 de setembro.

"Minha visita à sede da Sauber foi cheia de compromissos. Aprendi muito sobre a equipe e muitas outras coisas. Me encontrei com engenheiros e aprendi sobre o carro e o que acontece em um final de semana de corrida. Estou feliz porque, se você me dissesse há seis meses que um dia eu estaria aqui, jamais acreditaria. O sonho está próximo de se tornar realidade agora", festejou.

Monisha Kaltenborn, chefe da Sauber, mostrou um discurso alinhado com o desejo dos novos parceiros russos da equipe ao comentar a chegada de Sirotkin ao time. "Estamos orgulhosos por fazer esta demonstração no próximo mês. Será um momento histórico quando um piloto russo dirigir um carro de Fórmula 1 pela primeira vez na pista de Sochi", ressaltou.

A Sauber conta hoje com a dupla titular formada pelo alemão Nico Hulkenberg e o mexicano Esteban Gutierrez, sendo que apenas o primeiro deles somou pontos até aqui neste Mundial de F1. Foram só sete contabilizados em dez corridas em 2013.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1SauberSergey Sirotkin

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.