Fórmula 1/Divulgação
Fórmula 1/Divulgação

Safety car será vermelho na Toscana em homenagem ao milésimo GP da Ferrari

Prova acontece neste domingo, no circuito de Mugello, na Itália

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de setembro de 2020 | 10h04

Fornecedora de longa data do safety car da Fórmula 1, a Mercedes resolveu fazer uma homenagem neste final de semana à rival Ferrari, que no GP da Toscana, no circuito de Mugello, na Itália, a nona etapa da temporada de 2020, completa a corrida de número 1.000 de sua história na categoria. O veículo, um modelo AMG GT-R, será todo pintado de vermelho, as cores da escuderia italiana.

“A próxima parada nos leva à bela paisagem toscana e estou animado para ver o que a primeira nova pista deste ano reserva para nós”, disse o chefe da Mercedes, Toto Wolff.

“O GP da Toscana também será a 1000.ª corrida de Fórmula 1 da Ferrari, marcando a longa tradição de corrida desta grande marca italiana. Honraremos essa conquista com um carro de segurança Mercedes-AMG em vermelho Ferrari - nosso aceno para uma história de corrida que nos trouxe alguns dos melhores momentos da Fórmula 1. Os homens e mulheres de Maranello têm uma história de orgulho para comemorar e estamos homenageando essas comemorações neste fim de semana”, completou.

A Mercedes é a fornecedora oficial de veículos que servem como safety cars desde a temporada de 1999. Até então, todos os modelos adotaram a tradicional pintura prateada - a partir deste ano, entretanto, a fabricante alemã adicionou um arco-íris também presente nos carros da equipe da Fórmula 1 em referência à luta contra as desigualdades.

Os pilotos da Ferrari, o monegasco Charles Leclerc e o alemão Sebastian Vettel, também vestirão uma macacão com a cor especial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.