Cézaro De Luca/EFE
Cézaro De Luca/EFE

Sainz e Despres conquistam títulos no Rally Dakar

Bicampeão do Mundial de Rali, espanhol é campeão nos carros; francês ganha pela terceira vez nas motos

AE, Agencia Estado

16 de janeiro de 2010 | 17h39

A edição 2010 do Rally Dakar, disputado pelo segundo ano consecutivo na Argentina e no Chile, terminou neste sábado. Após um trecho de 707 quilômetros, dos quais 206 cronometrados, entre as cidades de San Rafael e Buenos Aires, foram conhecidos os campeões da competição.

linkConfira a cobertura completa no Webventure

Entre os carros, o espanhol Carlos Sainz, pilotando um Volkswagen, conquistou o seu primeiro título no Dakar após quatro tentativas. Neste sábado, ficou em segundo na última etapa, com desvantagem de 36 segundos para Nasser Al-Attiyah, do Catar, mas se tornou campeão por terminar a classificação geral com 2min12s de frente para o próprio rival do Oriente Médio.

"Com essa vitória, tirei um peso enorme das minhas costas. Foi um dia muito importante para mim. Já ganhei na Europa e agora ganho o Dakar, aqui na América do Sul", disse Sainz, que já conquistou dois Mundiais de Rali, em 1990 e 1992 -, mas que teve de superar a frustração de abandonar o Rally Dakar no ano passado.

O terceiro colocado entre os carros ficou com o norte-americano Mark Miller, a 32min42s de Sainz. O melhor brasileiro na competição foi Guilherme Spinelli, que terminou em 10.º lugar na classificação geral.

MOTOS

Com muito mais facilidade do que o espanhol na categoria carros, o francês Cyril Despres conquistou o título entre as motos. Com sua KTM, Despres terminou a última etapa em sexto lugar, mas venceu a competição com larga vantagem de 1h02min52s sobre o norueguês Pal Ullevalseter. Essa é a terceira conquista do francês no Rally Dakar - as outras foram em 2005 e 2007.

"Minha vontade de ganhar foi mais forte do que o medo de perder. Todas as vitórias são especiais, mas esta foi particularmente especial. Uma vitória que se deve ao trabalho, à experiência e a uma equipe, que foi incrível", afirmou Despres, logo após cruzar a linha de chegada em Buenos Aires.

Neste domingo acontecerá apenas o evento de comemoração dos campeões do rali. Todos que conseguiram terminar a competição farão um passeio pelas ruas da capital argentina, que terminará no Obelisco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.