JUSTIN TALLIS / AFP
JUSTIN TALLIS / AFP

Sainz lidera 2ª treino em Silverstone e Hamilton mostra evolução após atualizações na Mercedes

Piloto britânico termina com o segundo melhor tempo do dia; Leclerc, Verstappen e Perez ficam fora do top 3 na sessão

Redação, Estadão Conteúdo

01 de julho de 2022 | 14h20

Carlos Sainz fez uma volta de 1min28s942 no Circuito de Silverstone e liderou o segundo treino livre do GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1, nesta sexta-feira, mas a Ferrari ganhou motivos para se preocupar. Isso porque o segundo melhor tempo foi de Lewis Hamilton, que mostrou evolução e competitividade ao correr pela primeira vez após modificações feitas em sua Mercedes. O britânico, oito vezes campeão da etapa de sua terra natal, anotou 1min18s105, 0s176 à frente de Lando Norris, o terceiro.

Já os três primeiros colocados na classificação do Mundial de Pilotos ficaram um pouco mais para baixo. Max Verstappen ficou com o quarto lugar e Sergio Pérez, seu companheiro de Red Bull, terminou em sétimo, enquanto o ferrarista Charles Leclerc foi o quinto. A sexta posição ficou com Fernando Alonso, e o top 10 foi completado por George Russel, Daniel Ricciardo e Lance Stroll.

Havia grande expectativa para os treinos do GP inglês porque a maioria das equipes aproveitou para fazer atualizações nos carros. Durante o primeiro treino livre, contudo, não foi possível obter maiores conclusões sobre as mudanças pois a disputa foi atrapalhada pela chuva. Apenas dez carros correram na pista molhada e a sessão terminou com Valtteri Bottas, da Alfa Romeo, como dono do melhor tempo, com 1min42s781, seguido por seu ex-parceiro de Mercedes, Lewis Hamilton, e o ferrarista Carlos Sainz.


Em uma semana conturbada após a divulgação de um vídeo no qual é chamado de "neguinho" por Nelson Piquet, situação que o forçou a voltar suas energias para manifestações contra o racismo, Hamilton foi um dos muitos pilotos que entrou no Circuito de Silverstone com modificações no carro. A Mercedes fez ajustes na suspensão dianteira, nas aletas laterais, no assoalho, na asa traseira, entre outros.


O piloto britânico alternou entre o quarto e o quinto lugar durante os primeiros minutos e conseguiu o terceiro melhor tempo perto da metade do treino. Em franca evolução, quando restavam cerca de 15 minutos para o fim da sessão, mostrou estabilidade com os pneus macios que havia acabado de colocar e assumiu a liderança com uma volta de 1min29s105.


Sainz, por sua vez, esteve entre primeiro e segundo durante a maior parte do treino, em uma disputa com o companheiro Charles Leclerc. Os dois tiveram modificações em seus carros. Enquanto o espanhol melhorou o tempo e se colocou definitivamente na ponta, o francês foi superado aos poucos por outros rivais, como Lando Norris, que fechou os primeiros dez minutos em nono, mas melhorou e chegou até a ficar em segundo, mas terminou em terceiro.Em um dia não muito bom, Verstappen teve problemas de estabilidade com o carro, mas também conseguiu ficar à frente de Leclerc.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.