Sam Hornish Jr. vence as 500 milhas de Indianápolis

A 90.ª edição das 500 Milhas de Indianápolis não poderia terminar diferente. Com uma ultrapassagem na última reta sobre Marco Andretti, Sam Hornish Jr., da equipe Penske, venceu a sexta etapa da temporada 2006 da Indy Racing League (IRL). Após largar na pole e perder sua posição logo no início, o piloto americano se recuperou e terminou as 200 voltas em primeiro, com tempo de 3h14m29s. Foi a primeira vez que o piloto vence em Indianápolis. Marco Andretti e Michael Andretti conquistaram o segundo e terceiro lugar, respectivamente. Já o líder do campeonato, Hélio Castroneves, da equipe Penske, teve seu carro atingido pelo o do piloto americano Buddy Rice, da Rahal Letterman, e não pôde completar a corrida. ?Temos que ter paciência, é uma prova muito longa.? Após duas paradas, quando já estava entre os dez primeiros, Castroneves tentou ultrapassar Rice e foi surpreendido pela esquerda. Os dois pilotos bateram no muro de proteção. ?Buddy me pediu desculpas e disse que não viu quando eu o ultrapassei por dentro.? Depois do acidente, Helinho reclamou de dores no tornozelo e no pulso e disse que não era nada sério. Tony Kanaan, da Andretti Green, foi o melhor brasileiro na prova: chegou na quinta posição. Ele passou a maior parte da corrida entre os cinco primeiros, chegou a assumir a liderança, mas eliminou suas chances de pódio ao entrar no boxe para reabastecer. Vitor Meira, da Panther Racing, completou a corrida em décimo lugar, e Airton Daré, da equipe Sam Schmidt, fechou a disputa na 18ª posição. Os demais pilotos brasileiros tiveram que abandonar a corrida. O carro de Thiago Medeiros, da PDM Racing, teve problemas elétricos e Felipe Giaffone (AJ Foyt) bateu no muro. A próxima etapa está prevista para o próximo domingo, dia 4, em Watkins Glen, em Nova York.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.