Sam Hornish Jr. vence GP de Homestead

Sam Hornish Jr. ganhou o primeiro round de sua briga com Hélio Castro Neves dentro da Penske. E ganhou em grande estilo. Venceu neste domingo, em Homestead, a primeira etapa do campeonato a Indy Racing League, ultrapassando o brasileiro na última das 200 voltas. O americano recebeu a bandeirada em 1h57min56s3961, a apenas 0s0698 à frente do brasileiro. Foi a estréia de Hornish na Penske. Tony Kanaan, da Andretti/Green, o outro brasileiro da categoria, terminou a prova em oitavo lugar. A dupla da Penske, aliás, dominou o GP. Na parte final, Helinho, que já havia liderado antes, assumiu a ponta no giro 176, deixando Hornish para trás. Cinco voltas depois, ambos foram ao box para o último pit stop. O americano foi mais rápido na operação, mas o brasileiro tracionou melhor e conseguiu voltar à pista na frente do companheiro. O inglês Dan Wheldon, da Andretti/Green, assumiu a liderança após os pits, mas logo ficou para trás - no final, ficou em terceiro. Helinho chegou a cair para o quarto lugar, mas na volta 188, numa bela manobra, ultrapassou três carros e assumiu a ponta. Hornish foi em seu encalço, mas o brasileiro conseguiu manter-se na frente até a última volta, quando cometeu um erro: deixou espaço para que o Hornish ultrapassasse por dentro. O brasileiro ainda tentou recuperou a posição, mas teve de se conformar com o segundo lugar. Helinho explicou por que optou por deixar a parte de dentro da pista para o americano. "Em 2002, ele me ultrapassou por fora aqui e venceu. Desta vez, eu disse: ?Esse garoto não vai me passar por fora. Se passasse, eu não ira dormir???, justificou. "Mas infelizmente, ele me superou por dentro??, completou, sem dizer se iria conseguir dormir. O americano venceu pela terceira vez em Homestead. A outras duas foram em 2001 e 2002, anos em que foi campeão da categoria. Aliás, nas últimas temporadas, o ganhador da prova no oval da Flórida acabou levando o título. Mas o campeão do ano passado, o neozelandês Scott Dixon (Chip Ganassi) não foi bem neste domingo. Na volta 89, quando ia reabastecer, rodou na pista de acesso e bateu forte no muro de proteção dos boxes. Hornish lidera o campeonato com 50 pontos. Helinho tem 43 (ganhou 3 extras por liderar o maior número de voltas). Kanaan tem 24. A próxima etapa é dia 21, em Phoenix.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.