Schumacher acha que Vettel ainda pode ser campeão

Ele tem 'possibilidades de ganhar o título, e isso, por si só, já é um grande êxito', afirma o alemão

EFE

12 de outubro de 2009 | 11h32

BERLIM - O ex-piloto alemão Michael Schumacher, sete vezes campeão do mundo de Fórmula 1, acha que seu compatriota Sebastian Vettel, da Red Bull, ainda pode conseguir o título do Mundial e lhe incentivou a perseverar na tentativa.

Veja também:

F-1 2009 - tabela Classificação | especialCalendário

especialESPECIAL - Jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

"Vettel tem ainda possibilidades de ganhar o título, e isso, por si só, já é um grande êxito. Tenho certeza de que vai fazer tudo o possível para obter um grande resultado nas duas próximas corridas", comenta Schumacher, em seu site.

Faltando duas corridas, o Mundial é liderado pelo inglês Jenson Button, da Brawn GP, com 85 pontos, 14 na frente de seu companheiro de equipe, o brasileiro Rubens Barrichello, e 16 a mais que Vettel.

"O Mundial não está resolvido até que esteja resolvido. É preciso lutar até o final. Na Ferrari, vivemos essa experiência vários anos e estou convencido de que pode acontecer outra vez, e acho que Sebastian compartilha desta opinião", diz Schumacher.

"Nesta temporada, a Fórmula 1 voltou a ser muito atrativa e, como quase todos os torcedores, quero ver o que acontece nas duas próximas corridas", acrescenta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.