Schumacher admite frieza ao pilotar

Dono de 6 títulos mundiais e de quase todos os recordes da Fórmula 1, o alemão Michael Schumacher não costuma dar chances aos seus adversários na pista. E, segundo ele mesmo admitiu em entrevista à imprensa de seu país nesta quarta-feira, o segredo está em não se permitir emoções enquanto pilota."Dirijo com muita consciência. Não me permito sentir emoções no cockpit, porque as emoções só fazem cometer erros estúpidos", revelou Schumacher para a revista alemã Die Zeit. "Além disso, vivo para meu esporte. Treino para estar preparado e renovo a cada dia minha satisfação em dirigir."Em busca de mais um título da Fórmula 1, Schumacher começa a temporada 2005 no dia 6 de março, com o GP da Austrália. Mas ele sabe que a Ferrari não deve apresentar a mesma supremacia das últimas temporadas. Teme, principalmente, a Renault e a McLaren.

Agencia Estado,

23 de fevereiro de 2005 | 10h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.