Schumacher descarta as 500 Milhas

Correr as 500 Milhas de Indianápolis não está nos planos de Michael Schumacher, tetracampeão na Fórmula 1. Quando um jornalista norte-americano perguntou ao alemão se correr a tradicional prova norte-americana significava um sonho para ele também, Michael foi explícito: "Nunca sequer cogitei essa possibilidade. Primeiro porque acho muito perigoso e a Fórmula 1 é o maior desafio para um piloto." Disse mais: "Disputar as 500 Milhas não provaria nada." A tradicional prova é disputada anualmente no mês de maio, no mesmo autódromo onde a Fórmula 1 está neste fim de semana para o GP dos Estados Unidos, mas num circuito oval. Anteriormente, fazia parte do calendário da Fórmula Mundial da Cart (ex-Fórmula Indy), mas agora é controlada pela dissidente IRL (Indy Racing League) e é aberta a pilotos de outros categorias. Este ano, por exemplo, a vitória foi do brasileiro Hélio Castro Neves, da Cart.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.