Schumacher diz que meta é ficar entre os dez primeiros

O alemão Michael Schumacher teve um desempenho discreto no primeiro dia de treinos livres para o GP da Coreia do Sul, mas terminou a sexta-feira satisfeito. O piloto da Mercedes ficou na 12ª colocação, mas ressaltou o trabalho de desenvolvimento do carro e revelou a meta de largar entre os dez primeiros em Yeongam, além de pontuar na prova.

AE, Agência Estado

22 de outubro de 2010 | 11h51

"Foi um bom dia para nós e fomos capazes de trabalhar muito na pista. Procuramos moderar em termos de velocidade e ritmo e meu objetivo será estar entre os dez melhores na classificação e somar pontos na corrida", afirmou Schumacher, que está apenas na nona colocação do Mundial de Pilotos, com 54 pontos.

Experiente, Schumacher aprovou o circuito de Yeongam, recém-construído, que abrigará a primeira prova da Fórmula 1 na Coreia do Sul. "A pista esteve muito boa hoje e eu gostei de pilotar. É claro que uma nova pista com asfalto totalmente novo precisa de borracha, mas ele ficou melhor e melhorou enormemente ao longo do dia. Estou muito surpreso com o circuito. É muito exigente, desafiador e delicado, constituindo um desafio que eu gosto muito", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.