Schumacher duela agora com um avião

Depois de vencer seis vezes o Mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher resolveu enfrentar aviões. O piloto alemão vai acelerar sua Ferrari nesta quinta-feira, no aeroporto militar de Grosseto, na Itália, contra um Eurofighter Typhoon da Força Aérea italiana. E não deve ficar para trás.A competição será dividida em três percursos: 500, 1.000 e 1.500 metros. A previsão é de que Schumacher vença nos dois mais curtos, graças à rápida aceleração do carro. Mas depois do primeiro quilômetro, a potência do motor do avião deve colocá-lo na frente - no ar, ele atinge 2.448 km/h, contra 369 km/h da Ferrari.Mas para vencer, o avião terá de ficar no chão, o que exigirá muito controle do piloto, já que normalmente a decolagem leva apenas cinco segundos. A missão será de Maurizio Cheli, piloto de testes de companhia aérea, ex-piloto da Força Aérea italiana e ex-astronauta da Agência Espacial Européia.Não será o primeiro desafio do gênero. Em 1931, Tazio Nuvolari pilotou um Alfa Romeo 8C-300 mais rápido que um Caproni Ca100. E em 1981, a Ferrari de Gilles Villeneuve deixou para trás um F-104 numa disputa de um quilômetro.Espera-se um público de 70 mil pessoas no evento, que será transmitido ao vivo pela tevê italiana e pode ser acompanhado pela internet através do site www.aeronautica.difesa.it, a partir de 7h45 (horário de Brasília). O diretor esportivo e o presidente da Ferrari, respectivamente Jean Todt e Luca di Montezemolo, devem estar presentes.Jean Todt, aliás, andou defendendo Schumacher dos comentários de que ele abandonaria as pistas antes mesmo da próxima temporada, por ter se tornado o recordista de títulos da F1. Segundo o dirigente, o piloto não só continuará correndo como será ainda mais competitivo do que já tem sido."O Schumacher que veremos no ano que vem será melhor que nunca", declarou Todt ao jornal inglês The Independent. "Ele está motivado como sempre. Quando sentir que não está competitivo o suficiente, aí sim vai parar."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.