Schumacher exalta teste mesmo com carro de 2011

O alemão Michael Schumacher cravou o melhor tempo do segundo dia de testes da Fórmula 1, em Jerez de la Frontera, nesta quarta-feira. Mesmo pilotando a Mercedes utilizada no campeonato de 2011, o heptacampeão mundial disparou na frente e cravou 1min18s561, mais de meio segundo à frente de Mark Webber, segundo colocado, com 1min19s184.

AE, Agência Estado

08 de fevereiro de 2012 | 16h54

O resultado foi comemorado por Schumacher, que exaltou a confiabilidade do carro. "Nós tiramos o máximo de um carro confiável hoje (quarta-feira) para fazer muitas voltas e aprender muito sobre os novos pneus Pirelli. Sobre como eles se adaptam a distâncias longas e curtas, e com diferentes ajustes na configuração", declarou.

Após o bom resultado, o alemão não escondeu a expectativa de pilotar o novo modelo da Mercedes. "Foi um teste bom e produtivo, cheio informações úteis para a temporada. Mas agora estou ansioso para pilotar nosso carro de 2012 pela primeira vez no próximo teste", afirmou.

Outro destaque do teste desta quarta foi o australiano Daniel Ricciardo, que pilotando uma Toro Rosso, conseguiu a terceira colocação, com 1min19s587. "Estou feliz com o que fizemos hoje (quarta-feira)", disse Ricciardo. "Fizemos progresso e fomos inclusive capazes de começar a identificar como o carro está reagindo às mudanças de ajuste", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Michael Schumachertestes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.