Schumacher festeja 20 anos de F-1 com bela prova

"Um fim maravilhoso para um fim de semana especial", desta forma Michael Schumacher comemorou o seu quinto lugar no GP da Bélgica, neste domingo, onde ele completou 20 anos de Fórmula 1. A posição foi especial também pelo fato de que o alemão largou em último e realizou uma ótima prova de recuperação.

AE, Agência Estado

28 de agosto de 2011 | 17h25

"É uma sensação deliciosa ver que, de alguma forma, deixei 19 adversários para trás. A presença de toda a minha família aqui representou uma motivação extra para mim", reformou Schumacher, que depois enfatizou: "Foi incrível passar tanta gente".

O alemão mostrou, neste domingo, que domina como poucos o desafiador traçado do circuito belga, onde ele já venceu seis vezes na F-1. Heptacampeão mundial, o veterano piloto lembrou que esta não foi a primeira vez que ele realizou uma corrida de recuperação na Bélgica. Em 1995, ele conseguiu feito parecido. "Larguei em 16.º e venci", relembrou.

E, se Schumacher brilhou, Nico Rosberg também foi bem ao fechar a prova na Bélgica em sexto, fato que o fez elogiar a evolução técnica da Mercedes. "Avançamos, não há dúvida, com as modificações no carro, mas não a ponto de me manter na frente de Red Bull, McLaren e Mercedes, como vimos", enfatizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.