Schumacher garante que ainda pode ser campeão

'Se tivermos um rápido desenvolvimento na velocidade do carro, não vejo razões para dizer que não poderemos lutar pelo título', afirma o heptacampeão mundial

AE, Agência Estado

15 de abril de 2010 | 11h20

O desempenho ainda não impressiona, o companheiro Nico Rosberg tem sido mais rápido, a distância para o líder Felipe Massa é de 30 pontos. Ainda assim, o heptacampeão Michael Schumacher mantém as esperanças na atual temporada da Fórmula 1.

Nesta quinta-feira, o alemão afirmou que ainda pode ser campeão se a Mercedes evoluir nas próximas corridas. "Se tivermos um rápido desenvolvimento na velocidade do carro, não vejo razões para dizer que não poderemos lutar pelo título. Estamos longe de pensar que a temporada acabou", comentou.

Embora reconheça que gostaria de ter obtido melhores resultados nas primeiras corridas, Schumacher contou que está feliz com o início de temporada. "Sim, gostaria de resultados melhores, mas a competição é alta. Com toda minha experiência, e voltando depois de tanto tempo parado, sinto-me mais do que feliz pela maneira como as coisas estão acontecendo", avaliou o alemão.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.