Schumacher nega renovação de contrato

O piloto alemão Michael Schumacher desmentiu as informações veiculadas nesta quinta-feira pelo jornal italiano ?La Gazzetta dello Sport?, segundo as quais estaria negociando a renovação de seu contrato com a Ferrari, que vence no final de 2006. Em entrevista coeltiva em San Marino, onde no domingo será disputada a quarta etapa do Mundial de F-1, o piloto disse que seu futuro está ?aberto?. "Não há nenhuma razão para antecipar uma decisão.Tenho a possibilidade de me decidir quando achar melhor? , disse o piloto alemão de 36 anos. Schumacher admitiu ter tido uma conversa reservada com o francês Jean Todt, diretor geral da Ferrari, mas garantiu que não tratou do assunto. Michael Schumacher é piloto da Ferrari desde 1996. Disputou 147 GPs com a escuderia e ganhou 64. Como piloto da Ferrari, conquistou cinco dos seus sete títulos mundiais. Este ano, no entanto, ele vem tendo problemas. No início da 10ª temporada na equipe, já abandonou duas vezes -Austrália e Bahrein - e chegou apenas na sétima colocação na Malásia.A renovação de contrato foi desmentida também pelo representante de Schumacher, Willi Weber. ?Primeiro ele vai decidir se vai continuar correndo ou não?, disse . ?Não há nada disso (contatos para a renovação). Isso não é verdade. É cedo demais para falar nisso. Há coisas mais urgentes neste momento?, finalizou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.