Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Schumacher "passeia"; Rubinho abandona

Depois de três corridas sem vitória, o piloto alemão Michael Schumacher voltou a mostrar quem é quem na Fórmula 1. Numa prova que entrou para a história por ter tido os treinos da sexta-feira cancelados por conta da passagem de um tufão, o alemão venceu de ponta a ponta o GP do Japão com um show. Encerrou a prova, disputada no circuito de Suzuka, com mais de 22 segundos à frente de Ralf Schumacher (Williams), o segundo colocado e atingiu a incrível marca de 13 vitórias na temporada - a 83ª na carreira. Michael largou na pole em Suzuka e ficou a duas do recorde de 65 poles, ainda em poder de Ayrton Senna. Os dois carros da BAR vieram em seguida. Jenson Button (BAR) terminou a prova em terceiro e Takuma Sato em quarto. Fernando Alonso foi o quinto, seguido de Kimi Raikkonen, Juan Pablo Montoya e Giancarlo Fisichella Rubens Barrichello teve um final de semana para esquecer. Nos treinos de classificação ele rodou e teve de largar apenas na 15ª posição - a sua pior posição de largada em quatro anos. Por conta disso, teve de fazer uma corrida de recuperação e isso quer dizer que teve de arriscar. O brasileiro foi obrigado a tentar ultrapassagens - já que a equipe optou por uma estratégia de três paradas - e numa dessas, chocou-se com David Coulthard (McLaren) e teve de abandonar. ?Eu estava chegando muito rápido no Coulthard e resolvi fazer uma ultrapassahem de surpresa, mas ele fechou a porta bruscamente e acabei batendo forte?, disse Rubinho. Ele disse que não sabia dizer se o piloto escocês teve culpa no acidente. ?Não dá pra dizer?, acrescentou. Coulthard também abandonou.Felipe Massa (Sauber), que largou em 19º depois de ter tido problemas na volta de classificação, se recuperou e chegou em 9º lugar.A última etapa do Mundial será disputada em Interlagos, São Paulo, no dia 24 de outubro.Confira a classificação final do GP do Japão:1º Michael Schumacher (Ferrari) - 1h24m26s985 2º Ralf Schumacher (Williams) - a 14s098 3º Jenson Button (BAR) - a 19s662 4º Takuma Sato (BAR) - a 31s781 5º Fernando Alonso (Renault) - a 37s767 6º Kimi Raikkonen (McLaren) - a 39s362 7º Juan Pablo Montoya (Williams) - a 55s347 8º Giancarlo Fisichella (Sauber) - a 56s276 9º Felipe Massa (Sauber) - a 89s656 10º Jacques Villeneuve (Renault) - a 1 volta 11º Jarno Trulli (Toyota) - a 1 volta 12º Christian Klien (Jaguar) - a 1 volta 13º Nick Heidfeld (Jordan) - a 1 volta 14º Olivier Panis (Toyota) - a 2 voltas 15º Timo Glock (Jordan) - a 2 voltas 16º Giamaria Bruni (Minardi) - a 3 voltas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.