Schumacher perde corrida para avião

A Ferrari do alemão Michael Schumacher perdeu, mas deu trabalho ao jato Eurofighter Typhoon, da Força Aérea italiana. No duelo entre as duas máquinas, realizado nesta quinta-feira, na pista do aeroporto de Grosseto, na Itália, o placar mostrou 2 a 1 para o jato, mas deixou o hexacampeão mundial de F-1 plenamente satisfeito. O desafio foi dividido em três percursos diferentes - 600 metros, 900 metros e 1.200 metros.Graças à aceleração mais rápida do carro em relação ao avião, Schumacher venceu a primeira corrida - justamente a mais curta. O alemão fez o percurso em 9.4s. O jato veio 0,2s atrás. Nas outras duas, no entanto, o jato, pilotado pelo italiano Maurizio Cheli, foi o mais rápido. Na corrida de 1.200m, o avião chegou primeiro ao marcar 14.2s. A Ferrari marcou 2.5s atrás. No último confronto, de 900 metros, a diferença caiu: o jato fez em 13s para o jato, e a Ferrari chegou 0.2 depois.?Foi uma experiência interessante?, disse Schumacher que garantiu ter sentido menos pressão agora que quando estava sendo ameaçado pelo colombiano Juan Pablo Montoya nas últimas corridas do Mundial de F-1 deste ano.Maurizio Cheli foi condescendente ao comentar a vitória. ?Cada um é rei ou príncipe, mas dentro de seu ambiente? ponderou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.