Schumacher planeja título na Alemanha

O piloto Michael Schumacher evita falar abertamente, mas deixa pistas de que pretende planejar os próximos passos no Mundial de F-1, de modo que seja campeão em casa, no GP de Hockenheim, na Alemanha, dia 28 de julho. O alemão poderá ser campeão já na próxima etapa, dia 21 de julho, quando será disputado o GP da Magny-Cours, na França, mas mesmo com a chance de fechar o campeonato com seis etapas de antecipação, ele não parece estar assim tão empenhado. Se vencer, o alemão chega a 96 pontos e não poderá mais ser alcançado por ninguém. Desta forma, conseguirá igualar a marca histórica de Juan Manoel Fangio, o único pentacampeão mundial de F-1, mas apesar disso, Schumacher tenta não criar expectativa."Em Magny-Cours temos um ótima oportunidade de ganhar, mas teremos de fazer isso realmente?, disse ele, que já soma cinco vitórias no circuito francês. Até mesmo um segundo lugar serviria, desde que o brasileiro Rubens Barrichello (o vice-lider) não pontuasse e o colombiano Juan Pablo Montoya (Williams) chegasse, no máximo, em sexto. ?Neste caso seria esperar coincidências demais?, ponderou o piloto.Por conta disso, ele acha que seria mais prudente somar pontos em Magny-Cours, para, na corrida seguinte, brigar diretamente pelo título. "Seria maravilhoso se conseguisse conquistar um título tão importante como esse justamente Hockenheim", reconheceu. Schumacher tem hoje 86 pontos, contra 32 de Barrichello, 31 de Montoya e 30 de Ralf Schumacher. Com a vitória deste domingo em Silverstone, o alemão chegou à sua sétima vitória em 10 etapas disputadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.