Schumacher prestes a superar Fangio

Quando Juan Manuel Fangio morreu (em 1995, aos 84 anos) como o único pentacampeão da história da Fórmula 1, Michael Schumacher só tinha um título, o de 94. Os dois pilotos se encontraram uma vez, em 92, durante um evento da Mercedes, na Alemanha, e Schumacher se curvou diante do carisma de Fangio, para ele o maior piloto de todos os tempos. Agora, 11 anos depois do encontro histórico, o alemão está pronto para quebrar um recorde estabelecido em 1957 pelo argentino. Após vencer o GP dos Estados Unidos, ontem, Schumacher só não se tornará o primeiro hexacampeão da F-1 se não marcar nenhum ponto no GP do Japão, o último do ano, e o inconstante Kimi Raikkonen vencer a corrida. As chances, portanto, são muito remotas.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.