Schumacher prevê disputa acirrada com BAR

A equipe BAR-Honda continua impressionando muito. Nesta sexta-feira Jenson Button estabeleceu o melhor tempo na sessão livre da tarde do GP da Espanha e o seu terceiro piloto, Anthony Davidson, a segunda marca. Michael Schumacher, da Ferrari, líder do Mundial, comentou depois de ser o sétimo mais rápido nessa sessão. "Não sabemos com precisão a condição de cada um neste treino, mas de qualquer forma comprovou minha previsão de que a BAR pode dificultar nosso caminho aqui."Os 4.627 metros do Circuito da Catalunha não são como a pista de Ímola, em que as ultrapassagens impõem riscos elevados aos dois pilotos. "Mas não pense que é assim tão fácil para carros de desempenho semelhante", lembrou o próprio Schumacher nesta sexta-feira. Sua preocupação decorre do fato de os pilotos que competem com pneus Michelin, como os da BAR, Renault e Williams, serem mais velozes que os que usam Bridgestone, os da Ferrari, na primeira volta do pneu. E se Button obtiver neste sábado a pole position no treino que definirá o grid, pode dificultar a quinta vitória seguida de Schumacher no campeonato, mesmo que a BAR, ao longo das 66 voltas da corrida, se mostre um pouco mais lenta que a Ferrari.Pela manhã, Schumacher aproveitou bem a maior aderência do asfalto e fez 1min15s658, primeiro tempo do dia, mas nem ele próprio o levou muito em conta. Os tempos da tarde foram mais representativos, apesar de ter caído alguns pingos de chuva.David Richards, diretor geral da BAR, lembrou que Button já chegou a virar em 1min14s em Barcelona, nos testes. "Nós podemos repetir nossas melhores marcas aqui." Nesta sexta-feira Button fez 1min15s935.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.