Schumacher tenta mais um recorde

Se o líder do mundial Michael Schumacher, marcar pontos domingo, no GP da Inglaterra, igualará mais um recorde histórico da Fórmula 1: o de marcar pontos pelo maior número de GPs seguidos. Por enquanto, a melhor marca é do argentino Carlos Reutmann, que entre as temporadas de 1980 e 1981, pela Williams, classificou-se entre os seis primeiros por 15 vezes. Schumacher está há 14 corridas entre os seis primeiros. Na noite desta terça, chovia sem parar e fazia um pouco de frio (16 graus) na região do Autódromo de Silverstone, agora com uma nova estrada de acesso. A chuva é mais um elemento que joga a favor de Schumacher. Ele e seu companheiro de Ferrari, Rubens Barrichello, profundo conhecedor dos 5.140 metros do circuito de Silverstone, são hoje os pilotos mais eficientes no asfalto molhado. Com a evolução do brasileiro, há quem pense que a dupla é a melhor qualquer que seja a condição. Outra vantagem é o fato de a Ferrari competir com os pneus Bridgestone. Os próprios pilotos da Michelin, como Ralf Schumacher e Juan Pablo Montoya, da Williams, e David Coulthard, da McLaren, afirmam que eles ainda perdem para os pneus japoneses no asfalto molhado. Curiosamente, Schumacher e Barrichello terão de vencer um tabu para ganhar, domingo. A McLaren ganhou as três últimas edições do GP da Inglaterra ? com Coulthard em l999 e 2000 e com Mika Hakinnen no ano passado. Schumacher chegou em primeiro em l998. Foi sua única vitória na prova. De 1991 a 1997 só deu Williams, com exceção de 1995, quando o inglês Johnny Herbert venceu com Benetton.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.