Schumacher vence e coroa temporada

Na última prova do ano, a Ferrari mais uma vez foi a dona da festa. O alemão Michael Schumacher venceu de ponta a ponta o GP do Japão de Fórmula 1, realizado no autódromo de Suzuka, e o segundo posto ficou com o brasileiro Rubens Barrichello, seu companheiro de equipe. Schumacher, que já havia conquistado o título da temporada várias etapas atrás, saiu na pole position e não a perdeu a ponta nem durante as paradas para troca de pneus. No final, o pentacampeão mundial acabou cruzando a linha de chegada 0s506 à frente de Barrichello. Foi de Schumacher, também, a melhor volta da corrida. Kimi Raikkonen, Juan Pablo Montoya, Takuma Sato e Jenson Button completaram os seis primeiros. Takuma Sato, correndo em casa, foi o primeiro piloto japonês a marcar pontos desde o ano de 1997 e fez a festa da torcida local. O brasileiro Felipe Massa bateu sozinho na 3ª volta e abandonou.Esta foi a 11ª vitória de Schumacher na temporada e a 114ª vez que ele subiu ao pódio na carreira. Com essa, o alemão e Rubinho fizeram a 15ª dobradinha na Ferrari e a 9ª na temporada. Schumacher e a Ferrari quebraram todos os recordes possíveis nesse ano de 2002, o que levou a FIA ? entidade que organiza a categoria ? a estudar propostas para tornar os próximos campeonatos mais competitivos.Confira a classificação final do GP: 1º Michael Schumacher (Ferrari) - 1h26m59s698 2º Rubens Barrichello (Ferrari) - a 0s506 3º Kimi Raikkonen (McLaren) - a 23s292 4º Juan Pablo Montoya (Williams) - a 36s275 5º Takuma Sato (Jordan) - a 1m22s694 6º Jenson Button (Renault) - a 1 volta 7º Nick Heidfeld (Sauber) - a 1 volta 8º Mika Salo (Toyota) - a 1 volta 9º Eddie Irvine (Jaguar) - a 1 volta 10º Mark Webber (Minardi) - a 2 voltas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.