Schumacher vence, Rubinho fica em 2.º

Com apenas seis pilotos na pista devido ao abandono dos carros com pneu Michelin, o alemão Michael Schumacher, da Ferrari, venceu o GP dos Estados Unidos de Fórmula 1, com seu companheiro Rubens Barrichello em segundo lugar. É a primeira vitória do heptacampeão mundial da categoria desde o GP do Japão, no ano passado.O português Tiago Monteiro, da Jordan, foi o terceiro colocado e completou o pódio. Quanto à classificação do Mundial de pilotos, o espanhol Fernando Alonso, da Renault, é o primeiro com 59 pontos, sendo que o finlândes Kimi Raikkonen tem 37 e Schumacher, agora terceiro, soma 34 pontos.A decisão dos carros com pneu Michelin de não disputar a prova gerou protestos até dos torcedores que foram ao autódromo, que arremessaram latas e garrafas na pista, além de vaiarem bastante. Outra polêmica é que Barrichello não gostou nada de perder a liderança para Michael Schumacher quando o alemão saía dos boxes, pois este vinha em menor velocidade e, na curva, o brasileiro acabou indo para a grama, voltando para asegunda posição. No pódio, os dois sequer se cumprimentaram e Rubinho não escondia a insatisfação.Confira tudo sobre o GP dos EUA de F-1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.