Schumacher volta a elogiar Senna

O tetracampeão Michael Schumacher, da Ferrari, voltou a elogiar Ayrton Senna. Em entrevista ao jornal italiano ?Corriere dello Sport? desta sexta-feira, o alemão disse que ?em 1994 Ayrton era muito superior a todos. Seria muito mais difícil para mim ter ganho meu primeiro título naquele ano se ele não tivesse morrido daquela maneira trágica?.O alemão também fez um alerta a seu companheiro atual na Ferrari, Rubens Barrichello: se quiser ser vice-campeão mundial, precisa ganhar corridas. ?Rubens ainda pode terminar em segundo. Mas Coulthard está nove pontos à frente, faltam três corridas e ele terá de vencer. É o único jeito?, disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.