Se sair da McLaren, Fernando Alonso pode parar na Red Bull

Imprensa espanhola divulga que escuderia austríaca pretende montar um projeto vencedor com o bicampeão

31 de outubro de 2007 | 10h37

O futuro do espanhol Fernando Alonso pode ser a equipe Red Bull. Segundo a imprensa espanhola, o representante do piloto, Luis García-Abad, terá uma reunião ainda nesta quarta-feira para discutir a saída do bicampeão mundial da McLaren.   De acordo com o diário As, Alonso só permaneceria na McLaren se a equipe lhe entregasse garantias de que ele teria privilégios para ser o primeiro piloto em 2008, diferente desta temporada, quando teve de dividir as atenções com o inglês Lewis Hamilton.   Apesar do interesse da Renault, equipe onde conquistou seus dois títulos mundiais, em 2005 e 2006, Alonso teria se interessado pelo projeto da Red Bull, que planeja montar uma grande estrutura para conquistar vitórias num curto espaço de tempo.   Se isso ocorrer, quem perderia o emprego na Red Bull seria o escocês David Coulthard, que também se aposentaria na Fórmula 1. Alonso teria como companheiro o australiano Mark Webber, que é seu amigo também fora das pistas.   Outra opção de Alonso é a Toyota. O espanhol, porém, teme encontrar dificuldades para montar um carro vencedor na equipe. Por esse motivo, ele prefere o projeto da Red Bull.   Sobre a Renault, Alonso tem grande relação com Flávio Briatore, chefe da equipe, mas a escuderia francesa passa por dificuldades financeiras e não lhe forneceria todos os status que ele busca.

Tudo o que sabemos sobre:
Fernando AlonsoRed BullMcLaren

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.