Sebastian Vettel diz que erro da Red Bull impediu vitória em Silverstone

SILVERSTONE - O alemão Sebastian Vettel lamentou o erro cometido pela Red Bull no seu segundo pit stop no GP da Grã-Bretanha, que o fez perder a condição de líder da prova, mas reconheceu que o espanhol Fernando Alonso mereceu vencer a corrida em Silverstone. O campeão mundial lamentou não ter conseguido passar o inglês Lewis Hamilton na pista, o que levou o piloto da Ferrari a abrir vantagem confortável na liderança.

AE, Agência Estado

10 de julho de 2011 | 17h07

"No pit stop, tivemos um problema, o carro já estava de volta no chão, mas depois tivemos que levantá-lo de volta. Então, eu perdi a liderança e saí em terceiro. Eu lutava para passar Lewis, eu pensei que eu poderia ir muito mais rápido, mas eu realmente nunca tive a chance. Uma vez eu estive muito perto, mas não funcionou. Pegamos ele no pit stop, mas então Fernando já tinha ido", disse.

Apesar da segunda colocação, Vettel segue na liderança folgada do Mundial de Pilotos, com 204 pontos e 80 de vantagem para o australiano Mark Webber. "Foi um bom resultado para nós, mas tivemos alguns problemas e se você não está no seu melhor, então há sempre alguém ali para derrotá-lo. A Ferrari foi muito rápida em todo o fim de semana e mereceu a vitória hoje" afirmou.

Segundo colocado no grid de largada, Vettel assumiu a liderança logo na primeira curva ao ultrapassar o pole Webber. Para o alemão, a corrida estava sob controle até o segundo pit stop, quando acredita ter perdido a chance de lutar pela vitória.

"Tive um excelente começo e, em retrospecto, eu não teria me importado se tivesse havido mais chuva, porque eu realmente gostei das condições em que estava correndo com os pneus intermediários. Nós parecíamos estar em muito bom ritmo e eu estava me afastando. Nós provavelmente esperamos um pouco demais para ir para os pneus secos, mas estava certo que não havia nenhuma necessidade para nós assumirmos um risco e nós estávamos no controle", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.