Daniel Muñoz/Reuters
Daniel Muñoz/Reuters

Sebastian Vettel faz a pole do GP da Austrália de F1 de 2011

Alemão fez sua 16.ª pole na carreira; Massa é 8.º e Barrichello apenas o 17.º no grid de largada

MILTON PAZZI JR., estadão.com.br

26 Março 2011 | 04h20

SÃO PAULO - O atual campeão mundial Sebastian Vettel (ALE) confirmou o favoritismo da Red Bull e garantiu a pole position do GP da Austrália de Fórmula 1 2011, etapa de abertura do Mundial, que acontece neste domingo (com largada para 58 voltas às 3 horas, de Brasília). Ele garantiu sua 16.ª posição de frente na carreira com larga vantagem no treino, com 1min23s529.

E só não tem o companheiro e dono da casa, o australiano Mark Webber, que larga em terceiro, porque o inglês Lewis Hamilton conseguiu garantir, com seu McLaren, o segundo lugar - a 0s778. O quarto colocado é o outro carro da equipe inglesa, com Jenson Button.

O grande dilema da sessão envolveu justamente os novos pneus Pirelli. Como o pneu com o qual você termina a sessão é o que vai ser utilizado na largada, fica a dúvida se era melhor usar os super macios (que duram menos, mas são mais rápidos) ou os duros (que duram mais, mas demoram para aquecer e são, por consequência, mais lentos).

 

 

mais imagens Confira as fotos do treino de classificação para o GP da Austrália

Felipe Massa teve dificuldades durante todo o treino, repetindo o que aconteceu nas sessões livres anteriores. Desta vez saiu de pista e rodou, ao perder a traseira numa freada (esta na última sessão). Na primeira, chegou a ir para a grama. No fim das contas, conseguiu a oitava posição no grid.

Rubens Barrichello ficou na segunda sessão de classificação, ao errar o ponto de freada, tocando os pneus na grama e na tinta, atolando na caixa de brita da curva 3. Tinha o sexto melhor tempo até então, no meio do período, e foi caindo aos poucos, até que foi eliminado. Tinha a esperança de ficar entre os dez melhores mas vai largar na nona fila (17.º). E saiu bastante insatisfeito, admitindo o erro.

Quem tomou um susto foi Adrian Sutil (ALE). Ao entrar na reta dos boxes, acelerou demais e perdeu a traseira de seu Force India, rodando e queimando pneus - quase atingiu o muro. Mas conseguiu se colocar novamente na linha e seguiu no treino, porém, sem conseguir se classificar. Outro alemão que decepcionou foi o heptacampeão mundial Michael Schumacher, da Mercedes, que por 89 milésimos de segundo não ficou entre os dez (foi o 11.º).

Eliminados. Como esperado, ficaram fora da disputa pela pole position já na primeira sessão os carros da HRT (Liuzzi e Karthikeyan), que enfim andaram - mas só 11 voltas, e muito lentos -, mais Virgin (Glock e D'Ambrosio), Lotus (Trulli e Kovalainen) e Lotus (com Nick Heidfeld, substituto de Robert Kubica). Pela nova regra do limite de 107% do tempo acima do pole position, os carros da Hispania ficam fora inclusive da corrida.

Confira os tempos e o grid de largada do GP de Austrália de F-1 2011:

1.º - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), 1min23s529

2.º - Lewis Hamilton (ING/McLaren), 1min24s307

3.º - Mark Webber (AUS/Red Bull), 1min24s395

4.º - Jenson Button (ING/McLaren), 1min24s779

5.º - Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 1min24s974

6.º - Vitaly Petrov (RUS/Lotus), 1min25s247

7.º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1min25s421

8.º - Felipe Massa (BRA/Ferrari), 1min25s599

9.º - Kamui Kobayashi (JAP/Sauber), 1min25s626

10.º - Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso), 1min27s066

11.º - Michael Schumacher (ALE/Mercedes), 1min25s971

12.º - Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso), 1min26s103

13.º - Sergio Perez (MEX/Sauber), 1min26s108

14.º - Paul di Resta (ESC/Force India), 1min26s739

15.º - Pastor Maldonado (VEN/Williams), 1min26s768

16.º - Adrian Sutil (ALE/Force India), 1min31s407

17.º - Rubens Barrichello (BRA/Williams), sem tempo

18.º - Nick Heidfeld (ALE/Lotus Renault), 1min27s239

19.º - Heikki Kovalainen (FIN/Lotus), 1min29s254

20.º - Jarno Trulli (ITA/Lotus), 1min29s342

21.º - Timo Glock (ALE/Marussia Virgin), 1min29s858

22.º - Jerome D'Ambrosio (BEL/Marussia Virgin), 1min30s822

Não se classificaram para a corrida:

Vitantonio Liuzzi (ITA/HRT), 1min32s978

Narain Karthikeyan (IND/HRT), 1min34s293

Veja também:

especial F1 2011 - Conheça pilotos e equipes

 

linkHispania fica fora da abertura da F1

 

linkFelipe Massa vê Ferrari menos competitiva e critica novos pneus

 

linkRubens Barrichello assume erro em treino classificação na Austrália

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.