Srdjan Suki/EFE
Srdjan Suki/EFE

Sebastian Vettel prevê campeonato 'longo' e não descarta título na F-1

Alemão largará em Melbourne fora até da lista de candidatos ao pódio

Agência Estado

13 de março de 2014 | 11h00

MELBOURNE - Sebastian Vettel iniciou os últimos três Mundiais de Fórmula 1 como favorito ao título. A rotina, porém, será quebrada no próximo domingo, no GP da Austrália, na abertura do campeonato. O alemão largará em Melbourne fora até da lista de candidatos ao pódio porque a Red Bull decepcionou nos testes da pré-temporada e passou mais tempo nos boxes, fazendo ajustes no novo carro, do que na pista.

Mas a baixa expectativa pela Red Bull poderá ser revertida rapidamente, na avaliação de Vettel. O atual tetracampeão admite que as condições da equipe estão longe das melhores, mas ele aposta na experiência e nos recursos do time para evoluir em poucas corridas e surpreender os rivais.

"Não estamos em boa situação para esta corrida, mas a história é muito diferente quando se pensa no campeonato", afirma o piloto, sem descartar a briga pelo título. "Somos um time forte. Temos boas pessoas no comando e com muitos recursos. Temos um longo ano pela frente. Devemos progredir no decorrer da temporada", avisou.

Vettel se inspira no rival Fernando Alonso para continuar sonhando com o quinto título consecutivo na F1. Ele lembra que o espanhol tinha um carro reconhecidamente inferior em 2012, mas mesmo assim brigou pelo troféu até a última corrida do ano.

"Dois anos atrás, Fernando estava no grid com uma diferença de 1,5 segundo para o pole position. E, ainda assim, estava muito perto de nos superar na luta pelo título na última corrida. Então, tudo pode acontecer", destacou o piloto da Alemanha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.