Sebastian Vettel quer começar recuperação no GP de Silverstone

Tetracampeão de Fórmula 1, o piloto alemão não faz boa campanha em 2014, ocupando apenas a quinta colocação, com 60 pontos

Agência Estado

27 de junho de 2014 | 19h29

Depois de conquistar quatro títulos seguidos nos últimos quatro anos, o alemão Sebastian Vettel não vem fazendo uma boa temporada na Fórmula 1 em 2014. O piloto da Red Bull ocupa a quinta posição no campeonato, com 60 pontos, 105 a menos que o líder, o alemão Nico Rosberg, da Mercedes. Mas ele disse esperar que o GP da Inglaterra, dia 6 de julho, em Silverstone, represente o começo de sua recuperação no campeonato, principalmente após o abandono na etapa anterior, domingo passado, na Áustria.

A proximidade com a sede da Red Bull e o fato de ter vencido a prova em 2009 fazem com que o alemão tenha boas lembranças do circuito de Silverstone e esteja ansioso para a prova do dia 6 de julho. Além da vitória que conquistou, Vettel viu seu então companheiro de equipe, o australiano Mark Webber, chegar em primeiro lugar nas corridas de 2010 e 2012 na Inglaterra. "Nós temos um bom retrospecto, o que é sempre favorável", afirmou.

A fábrica da equipe, que tem sede em Milton Keynes, também na Inglaterra, fica próxima ao local da prova, o que também foi exaltado pelo piloto, uma vez que, de certa forma, trata-se de uma corrida ''em casa'' para grande parte da Red Bull. 

"Como a fábrica fica a apenas meia hora de distância do circuito, o pessoal que trabalha duro para aprimorar o carro estará assistindo o GP peso com seus familiares, e poderá dormir nas próprias camas", disse Vettel. "Esperamos poder dedicar um bom resultado a eles", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.