Andy Wong/AP
Andy Wong/AP

Sebastian Vettel torce, agora, por novas corridas com chuva

'Foi preciso sempre manter o foco, mantendo o carro na pista', admite o alemão, sobre a chuva na corrida

AE

19 de abril de 2009 | 07h10

XANGAI - O alemão Sebastian Vettel somou neste domingo, no GP da China, a sua segunda vitória na Fórmula 1, repetindo o feito do ano passado, quando ganhou na Itália, em Monza. E essas duas corridas tiveram um fator em comum: foram disputadas sob chuva. Por isso, ele brincou dizendo que já torce por mais chuva nas próximas etapas.

Veja também:

linkVettel vence o GP da China, em dia de dobradinha da RBR

tabela F-1: classificação do Mundial

especialConfira o calendário da temporada

especialESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

"Estou muito feliz. É a segunda vez que venço. E é a segunda vez na chuva. Espero que tenha mais chuva nas próximas corridas", afirmou Vettel, que somou seus primeiros pontos no campeonato, ocupando agora a terceira colocação, com 10 pontos, atrás dos dois pilotos da Brawn, o inglês Jenson Button (21) e o brasileiro Rubens Barrichello (15).

Apesar de ter largado na pole, Vettel admitiu que foi complicado conseguir a vitória, principalmente por causa da chuva que caiu durante toda a prova. "Foi uma corrida muito difícil, mas tivemos sucesso na nossa estratégia", contou o piloto alemão. "Foi preciso sempre manter o foco, mantendo o carro na pista."

Foi a primeira vitória na história da Red Bull, que também fez dobradinha no GP da China, ao levar seu outro piloto, o australiano Mark Webber, ao segundo lugar. "É um resultado muito importante para a nossa equipe. Foi inacreditável", comemorou Vettel, que estava na Toro Rosso quando ganhou a corrida do ano passado, na Itália.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Sebastian VettelRed Bull

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.