(Photo by ANDREJ ISAKOVIC / AFP)
(Photo by ANDREJ ISAKOVIC / AFP)

Seguidos por Verstappen, Leclerc e Sainz lideram treino livre da F-1 em Ímola

Dupla da Ferrari lidera os primeiros treinos livres para o GP da Emilia-Romagna nesta sexta-feira

Redação, Estadão Conteúdo

22 de abril de 2022 | 10h55

A Ferrari deu sinais de que está preparada para enfrentar as mais variadas condições ao colocar Charles Leclerc em primeiro e Carlos Sainz em segundo durante o primeiro treino livre do GP da Emilia-Romagna, em uma sexta-feira chuvoso em Ímola. O francês anotou o tempo de 1m29s402 em sua melhor volta no Autódromo Enzo e Dino Ferrari, 0s8 à frente do companheiro de equipe. Max Verstappen ficou em terceiro.

Abaixo dos três, a Haas mostrou sua força e teve Kevin Magnussen e Mick Schumacher em quarto e quinto no ranking de melhores tempos. Sergio Perez, Fernando Alonso, Sebastian Vettel, Yuki Tsunoda e George Russell completaram o top 10. Lewis Hamilton, por sua vez, deu sequência à sua série de frustrações, pois terminou em 18º. 

A pista molhada gerou dificuldades para todos os pilotos, inclusive para Leclerc, que girou três vezes na pista. Outros pilotos se complicaram um pouco mais, como Valtteri Bottas, protagonista de uma batida na barreira de proteção, e Lando Norris, que foi parar no cascalho.

O GP da Emilia-Romagna será a primeira prova europeia da temporada da Fórmula 1. Além disso, será a primeira que terá uma sprint race, no sábado. A definição das posições da corrida classificatória serão definidas em treino ainda nesta sexta-feira, ao meio-dia A corrida está marcada para as 10 horas de domingo. 

Após a realização de três provas, a Fórmula 1 tem Charles Leclerc na liderança da classificação geral, com duas vitórias e 71 pontos, seguido por George Russell, com 37, e Carlos Sainz, com 33. Sérgio Perez, com 38, e Lewis Hamilton, dono de 28 pontos, fecham as cinco melhores posições.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.