Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Segunda edição do Monster Jam tem adultos e crianças apaixonados por caminhões

Após a estreia em 2017, Arena Corinthians recebe novamente o evento com ares de 'passeio radical em família'

Andreza Galdeano, O Estado de S.Paulo

15 de dezembro de 2018 | 16h35

Um público apaixonado por carros e crianças deslumbradas com caminhões de seis toneladas e mais de três metros de altura. Esse é o espírito do Monster Jam, um dos maiores espetáculos sobre quatro rodas do mundo, que agitou a Arena Corinthians neste sábado.

O palco das tradicionais partidas de futebol do Corinthians recebeu a segunda edição do evento no Brasil. Para os fãs que estão acostumados com a agitação das torcidas no local e acompanharam as manobras radicais dos veículos gigantes, não foi uma surpresa ver o público indo à loucura cada vez que os caminhões saltavam, mas eles evitam comparações com jogos.

"Não é parecido com uma partida de futebol, o jogo do Corinthians é sempre mais intenso. Mas confesso que essa é uma experiência extraordinária. Trouxe o meu filho de apenas seis anos e tenho certeza que ele prefere ver os caminhões", conta o biomédico Robert Pereira.

Teve também quem veio conhecer a Arena Corinthians pela primeira vez e ficou impressionado com a estrutura do local. "Sempre ouvi falar que a Arena Corinthians era o melhor estádio e agora posso dizer que concordo. Essa é a arena mais bonita que eu já vi", diz o produtor musical Giu Daga. "Foi lindo ver os carros de perto. Posso dizer que estou impressionado com o tamanho dos caminhões", completa.

O show apresentou os caminhões mais cobiçados do Monster Jam. Entre os mais populares estão: Grave Digger, El Toro Loco, Zombie e MM Dalmatian. As provas contaram com a corrida tradicional dos veículos, onde o primeiro que cruzar a linha de chegada é declarado vencedor, e a competição em que demonstram manobras. Além de uma apresentação de freestyle com motos durante o intervalo.

A pontuação para declarar os vencedores das provas foi realizada pela própria torcida que marcou presença no evento. Os fãs puderam votar pelo site do Monster Jam ou pelo aplicativo do show. O carro El Toro Loco, do piloto Armando Castro, foi o vencedor da primeira apresentação deste sábado, somando 29 pontos.

 

O Monster Jam foi o passeio em família dos amantes de velocidade. Antes das atrações principais, os fãs puderam aproveitar o chamado Pit Party, a festa nos boxes. No espaço foi possível registrar o momento tirando fotos ao lado dos caminhões, comprando adereços com a marca do evento e conhecendo de perto alguns dos pilotos do Monster Jam.

 

CONFIRA O PÓDIO DO MONSTER JAM 2018:

Carro El Toro Loco do piloto Armando Castro -  29 pontos

Carro Monster Energy do piloto Steven Sims - 23 pontos

Carro Max-Dä  do piloto Chuck Werner. - 19 pontos

Carro Grave Digger do piloto Randy Brown - 17 pontos

Carro Mutt Dalmatian da piloto Candice Jolly - 15 pontos 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.