Thibault Camus/AP - 30/12/2013
Thibault Camus/AP - 30/12/2013

Segundo novo boletim, Michael Schumacher continua em estado estável

Comunicado de empresária agradece o apoio dos fãs e pede paciência para o processo de cura

O Estado de S. Paulo

13 de fevereiro de 2014 | 15h07

GRENOBLE - A empresária do ex-piloto alemão Michael Schumacher, Sabine Kehm, divulgou nesta quinta-feira um novo comunicado à imprensa sobre o estado de saúde heptacampeão mundial de Fórmula 1. Sem dar muitos detalhes, o boletim afirma que Schumacher continua internado em estado estável e reitera que não se pode apressar o processo de recuperação.

O alemão está internado em um hospital em Grenoble, na França, desde o dia 29 de dezembro, quando caiu enquanto esquiava. No acidente, o ex-piloto bateu a cabeça em uma pedra e está desacordado desde então. Os médicos tem pouco a pouco diminuído a sedação para tentar fazer o alemão acordar do coma induzido.

Abaixo está a comunicado na íntegra:

A família de Michael gostaria de novamente expressar seu sincero agradecimento para o contínuo apoio vindo de todo o mundo. Os bons desejos recebidos ajudam a família e eles estão convencidos que isso também ajuda Michael, que continua em processo para acordar.

Como sempre nessa situação, nenhum dia é como o próximo. A família está agradecida por entenderam que eles não querem revelar detalhes médicos em nome de preservar a privacidade de Michael. Como garantido desde o começo, nós vamos continuar informando qualquer novidade decisiva de estado de saíde dele. Nós já sabemos que o processo para sair da sedação pode levar muito tempo.

A família continua com a forte crença na recuperçaão de Michael e coloca toda a confiança na equipe de médicos, enfermeiros e auxiliares. O mais importante é não acelerar a recuperar porque o processo de cura está controlado e de forma contínua.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.