Divulgação<br>
Divulgação

Sem Caterham e Marussia, F-1 muda formato de treino

Sem dinheiro, equipes receberam a liberação da FIA para procurar patrocinadores suficientes para se manter na F-1 no próximo ano

Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2014 | 20h25

O fato de a Marussia e a Caterham estarem fora do GP dos Estados Unidos motivou a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) a anunciar um novo formato para o treino de classificação para o grid de largada da prova, marcado para começar às 16 horas (de Brasília) deste sábado.

Com apenas 18 carros na pista, em vez dos 22 que contava anteriormente, a primeira e a segunda parte da sessão classificatória eliminarão apenas quatro carros por vez, Antes, a parte inicial do treino eliminava seis monopostos e a segunda mais outros seis. Já a terceira e última parte do treino terá os habituais dez carros na pista.

Por causa de sérios problemas financeiros, Marussia e Caterham desistiram de correr nos Estados Unidos e também ainda não confirmaram se estarão presentes nos GPs do Brasil e Abu Dabi, palcos das duas últimas provas da temporada da Fórmula 1.

Após o treino de classificação deste sábado, a corrida de domingo no circuito de Austin está marcada para começar às 18 horas (de Brasília). Com 291 pontos, o inglês Lewis Hamilton lidera o campeonato, enquanto o alemão Nico Rosberg, seu companheiro de Mercedes, vem logo atrás, com 274.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.