Sem confirmar Kubica, Renault faz mistério para 2012

O chefe de equipe da Renault, Gerard Lopez, afirmou neste sábado que a escuderia trabalha com muitas opções para definir seus pilotos para a temporada 2012. Nem o polonês Robert Kubica, maior estrela da equipe, está confirmado para o próximo campeonato da Fórmula 1.

AE, Agência Estado

24 de setembro de 2011 | 08h44

"Neste momento temos um compromisso com Robert. Nosso compromisso é ver se poderemos contar com seu retorno", declarou Lopez. Kubica sofreu um acidente antes do início da atual temporada e, depois de seguidas cirurgias, ainda não sabe se terá condições de pilotar em 2012.

"Ele fez coisas incríveis por nossa equipe. Sabemos do que ele é capaz e qualquer equipe gostaria de contar com ele se ainda conseguir fazer as mesmas coisas", explicou o chefe de equipe.

Também brigam por uma vaga em 2012 o brasileiro Bruno Senna, que tem obtido bons resultados nesta segunda metade da temporada, o russo Vitaly Petrov, atual companheiro de Senna neste ano, o francês Romain Grosjean, atual campeão da GP2. "E ainda tem mais. Há muitos pilotos interessados", comentou o chefe de equipe.

Lopez garantiu que o potencial para obter patrocinadores não será determinante na escolha dos pilotos - Senna e Petrov chegaram à equipe com o apoio de grandes empresas. "Toda vez que os chamam de ''pilotos pagos'' eu realmente lamento muito. É atitude desrespeitosa com eles", afirmou Lopez.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da CingapuraRenault

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.