Sem Honda, F-1 inicia série de testes na Espanha

Todas as equipes, menos a fábrica japonesa, devem participar do treino em Jerez de la Frontera

EFE

07 de dezembro de 2008 | 17h49

Grande parte das escuderias da Fórmula 1 realiza uma série de testes de amanhã a quinta-feira no circuito de Jerez de la Frontera, na Espanha, no primeiro evento sem a presença da Honda - que abandonou a categoria oficialmente na sexta. A Williams será a única a estar na pista amanhã, e na terça ganha a companhia de BMW-Sauber, Ferrari, McLaren, Renault e Toro Rosso. Todas ficam até quinta. A Williams deve rodar com seus dois pilotos alemães, Nico Hulkenberg (terça) e Nico Rosberg (quarta e quinta). Felipe Massa, vice-campeão mundial pela Ferrari em 2008, participa dos trabalhos ao lado do finlandês Kimi Raikkonen. Já o brasileiro Nelsinho Piquet, confirmado como titular da Renault para 2009 ao lado do espanhol Fernando Alonso, andará apenas na terça, enquanto seu companheiro o fará quarta e quinta. A BMW-Sauber estará com seus dois pilotos oficiais, o alemão Nick Heidfeld e o polonês Robert Kubica, além do austríaco Christian Klien, que testa para a equipe. A McLaren não confirmou a presença do inglês Lewis Hamilton, campeão do Mundial de Pilotos da categoria. O espanhol Pedro de la Rosa será o único da escuderia a andar três dias seguidos. O finlandês Heikki Kovalainen, piloto oficial, estará nos dois últimos dias. O inglês Gary Paffett, também piloto de testes, corre com De la Rosa no primeiro dia. A equipe Toro Rosso não anunciou oficialmente seus pilotos para a temporada de 2009 - o brasileiro Bruno Senna está cotado - e continua com o trabalho do francês Sebastien Bourdais e o suíço Sebastien Buemi. Também estará nos testes o japonês Takuma Sato, que pode pintar na Toro Rosso ano que vem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.