Sem mudanças no carro, Barrichello largará em 15.º

Sem as mudanças previstas em sua Willians, o brasileiro Rubens Barrichello não passou da segunda sessão do treino classificatório deste sábado e ficou apenas com a 15.ª posição no grid de largada para o GP da China de Fórmula 1, neste domingo.

AE, Agência Estado

16 de abril de 2011 | 10h53

Ao fim do treino, Barrichello explicou que manteve as configurações originais do carro porque teve problemas com o escapamento. "Estou tendo um final de semana de testes. Tentamos uma nova versão do escapamento nos treinos livres, mas não compreendemos direito o funcionamento. Então, treinamos hoje com as configurações originais", justificou.

Na sexta, o piloto havia dito que cogitava brigar pelas primeiras posições no grid se houvesse alterações no carro. Sem o novo acerto, Barrichello não conseguiu acompanhar os rivais e ainda teve dificuldade com o tráfego. "Na retomada, [Adrian] Sutil tentou uma ultrapassagem na primeira curva e atrapalhou as nossas voltas", reclamou o brasileiro, explicando a dificuldade para avançar no treino e entrar na briga pelas primeiras colocação na última sessão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.