Sem pontuar, Hamilton lamenta batida com Kobayashi

Sem pontuar no GP da Bélgica, neste domingo, Lewis Hamilton lamentou o choque com o japonês Kamui Kobayashi que o tirou da corrida ainda na 13ª volta. A forte batida gerou preocupação e obrigou a entrada do carro de segurança na pista.

AE, Agência Estado

28 de agosto de 2011 | 13h17

"Não sei exatamente o que aconteceu. Apenas me lembro de ter batido no muro, e bati no muro bem forte. Aí minha corrida acabou. Eu estava na frente, então não sei por que fui atingido", comentou o inglês, que pareceu ter ficado desacordado no cockpit logo após o choque contra o muro. A McLaren, contudo, avisou que foi apenas um susto.

Hamilton mostrava franca recuperação na corrida quando deixou a prova. Já havia ultrapassado Felipe Massa e buscava a liderança. "Eu estava em uma boa posição e já tinha passado uma das Ferraris, mas aí fui atingido por Kamui [Kobayashi]", lamentou. "Pelo menos nosso ritmo estava bom neste final de semana. Espero que possamos vencer mais corridas no restante da temporada".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.